Fornecedor de pagamento: Qual a melhor opção para meu negócio?

Fornecedor de pagamento: Qual a melhor opção para meu negócio?

O processo de pagamento é o principal momento da transação em uma loja virtual; é o momento do faturamento, da efetivação e nada pode sair errado. Caso contrário, o consumidor poderá se sentir inseguro e desistir da compra. Então, todo o esforço de levar o cliente à loja, terá sido em vão. Dessa forma, todo este processo deve ser pensado estrategicamente, conforme a realidade do seu e-commerce e as características do consumidor.

Há diversas opções de fornecedores de pagamento no mercado. Essa parceria é de fundamental importância para garantir que as negociações sejam seguras, simples de serem feitas, e que não barrem consumidores legítimos. Dessa forma, falaremos hoje sobre algumas características principais de fornecedores de pagamento no mercado virtual:

Empresas adquirentes. As empresas adquirentes são aquelas responsáveis pela ligação com as bandeiras e os bancos emissores, ou seja, nenhum outro emissor consegue trabalhar sem passar por um deles. Em contrapartida, não é possível trabalhar apenas fazendo uso de adquirentes, pois eles não fornecem os demais serviços necessários, como conciliação, relatórios, antifraude e proteção a risco. Normalmente, os adquirentes cobram valores fixos por todas as transações que processam, sejam elas aprovadas ou não.

Gateways de pagamento. Os gateways são as empresas responsáveis por fazer a comunicação entre a plataforma de e-commerce, os adquirentes, os sistemas antifraude e ERP. Eles normalmente possuem as integrações necessárias para ajudar o e-commerce a organizar suas operações. Porém, ao contratar um gateway de pagamento é necessário ter um contato com uma empresa adquirente e um antifraude. Gateways, também, costumam cobrar valores fixos por transações, independente do resultado da venda.

Facilitadores de pagamento. Como o próprio nome sugere, os facilitadores de pagamento possuem o objetivo de facilitar o processo de pagamento para o mercado de e-commerce, fornecendo em uma só contratação, todos os serviços necessários para processar seus pagamentos. Dessa forma, ao contratar um facilitador, já se obtêm os contratos com adquirentes (normalmente, mais de que um adquirente para oferecer o serviço de retentativa), o gateway e o antifraude; contando também com serviços adicionais como conciliação, proteção ao comprador e proteção contra chargeback. Normalmente, os facilitadores cobram um percentual por transação; apenas por vendas concretizadas.

Antes de contratar um fornecedor de pagamento, vale avaliar todos os detalhes da contratação e colocar na ponta do lápis todos os custos com cada modelo de negócio. Leve, também, em consideração a qualidade do serviço que será prestado ao seu e-commerce e ao consumidor final, a conveniência no momento da contratação e qual o nível de atendimento que sua loja terá por parte do fornecedor no dia a dia da parceria. Evite surpresas, faça parcerias inteligentes. Sucesso!


Redação, Dotstore

Composta por profissionais antenados e inteirados sobre o e-commerce nacional, a Redação Dotstore busca sempre trazer à realidade do lojista o que há de mais novo no mercado, com dicas práticas e aplicáveis para o desenvolvimento e sucesso do seu negócio.

Comentários

Conheça nossa plataforma

Solicite uma demonstração da plataforma da Dotstore, totalmente preparada para mobile e integrada aos principais marketplaces!

SOLICITAR DEMO

Possui alguma dúvida?

Entre em contato conosco que nossos especialistas estão disponíveis para te auxiliar.

CLIQUE AQUI

Comit plataformas de e-commerce Associao brasileira de comrcio eletrnico E-commerce Brasil ComodoBr